WHOIS Mi LACNIC
Su dirección IP es / Your IP address is: 

Prêmio Trayetória 2010

Mais uma vez o júri do prêmio Trajetória teve a difícil tarefa de escolher entre os nomeados ao prêmio, todos eles excelentes e com merecimentos mais do que suficientes, o que é um indício da quantidade de pessoas que têm feito contribuições fundamentais para o desenvolvimento da Internet na América Latina e o Caribe.

Como resultado da análise de todas as nomeações, o júri outorgou o prêmio Trajetória 2010 por unanimidade a Carlos Afonso, Diretor Executivo do Núcleo de Pesquisas, Estudos e Formação - NUPEF, Brasil.

Carlos Alfonso

Formado em Engenharia Naval, Economia e Ciências Políticas, Carlos Afonso tem contribuído, com seus diferentes olhares, para a formação e crescimento da comunidade da Internet da região, desempenhando um papel-chave em diversas experiências pioneiras.

Na década dos 70 e inícios dos 80, trabalhou com dedicação nas políticas públicas vinculadas ao Desenvolvimento Humano no Chile, no Canadá e no Brasil.

Nos anos 80 desenvolveu o projeto Alternex, um dos primeiros sistemas de informação e comunicação baseado em computadores na América Latina, e que anos mais tarde se transformou no primeiro provedor de serviços da Internet do Brasil.

Carlos foi um dos fundadores da Associação para o Progresso das Comunicações, APC, organização que veio a cumprir um papel muito importante no desenvolvimento da Internet e das comunicações no mundo desde a perspectiva dos direitos humanos e a democratização da informação. Foi eleito Presidente do Comitê Executivo da APC em 1997, cargo que ocupou até 1998.

Carlos fez parte de um novo empreendimento inovador ao ser um dos criadores do sistema de informação da Cúpula Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento (UNCED), realizada no Rio de Janeiro em 1992.

No início dos anos 90, contribuiu para a criação do Fórum Latino-Americano de Redes, sendo um dos representantes da sociedade civil que conjuntamente com outros colegas do setor acadêmico fortaleceram os espaços de colaboração e cooperação que no final deram origem à maioria das organizações regionais existentes vinculadas à Internet.

Participou ativamente da criação do primeiro Comitê Gestor da Internet no Brasil, uma muito bem-sucedida experiência multipartite de governança da Internet, que há pouco fez 15 anos. Carlos foi membro do Comitê Gestor até 1997. Em 2003 foi reeleito para fazer parte do Comitê, cargo que tem ocupado por 7 anos e que ainda hoje ocupa.

Carlos tem participado incansavelmente em outros âmbitos internacionais como a Internet Corporation for Assigned Names and Numbers (ICANN), organização na qual tem sido destaque e tem ocupado várias posições.

No ano de 2004 foi distinguido pelo Secretário Geral das Nações Unidas para fazer parte do Grupo de Trabalho da Governança da Internet. Este grupo esteve encarregado de preparar um relatório para ser discutido pelos governos na Cúpula Mundial da Sociedade da Informação, realizada na Tunísia, no ano de 2005.

Logo depois da Cúpula foi designado novamente pelo Secretário Geral das Nações Unidas, desta vez para participar do grupo assessor multipartite do Fórum de Governança da Internet.

Carlos Afonso tem sobressaído ao longo de sua intensa trajetória por sua incansável atividade no desenvolvimento da sociedade da informação, sempre coerente com sua visão solidária e inclusiva da sociedade, priorizando o interesse coletivo e defendendo ativamente uma visão comprometida com o respeito aos direitos humanos, a igualdade de gênero e o uso das novas tecnologias em prol do desenvolvimento humano.

Carlos é um exemplo de dedicação que serve como referência para toda a região.

Top CHK_LACNIC