WHOIS Mi LACNIC
Su dirección IP es / Your IP address is: 

FRIDA anuncia projetos vencedores da chamada 2017

O Fundo Regional para a Inovação Digital na América Latina e o Caribe (FRIDA) anuncia os três projetos vencedores de sua chamada 2017.  Trata-se de iniciativas inovadoras destinadas a enfrentar diferentes desafios educacionais e ambientais da região

Os projetos vencedores que neste ano irão receber fundos de FRIDA são uma plataforma sobre o desenvolvimento de meios didáticos digitais para comunidades rurais em Cuba, uma iniciativa que promove desde o Brasil a adoção de uma perspectiva de gênero no ecossistema dos direitos digitais e uma proposta para instalar estações meteorológicas em escolas usando a Internet das Coisas para enfrentar desastres naturais na Dominica.

As propostas vencedoras foram selecionadas entre 312 iniciativas de 23 países apresentadas na chamada deste ano: 149 projetos na categoria Prêmios FRIDA e 163 em Subsídios FRIDA.

Argentina, Brasil, Colômbia, Equador e México, lideraram a lista de países com maior número de candidaturas.

Os vencedores O júri selecionou o projeto educacional Armonia da Universidade de Oriente de Cuba como vencedor de um dos Prêmios FRIDA, que este ano consiste em US$ 5.000 em dinheiro e uma bolsa para participar do Fórum Mundial de Governança da Internet (IGF) na Suíça. Esta proposta educacional foi desenvolvida em mais de 20 assentamentos rurais de Cuba e buscou responder aos problemas identificados pela comunidade através do desenvolvimento - desde escolas fundamentais e outras instituições educacionais de níveis mais altos - de meios didáticos digitais para a comunidade, como ser multimídias, páginas da Web e livros eletrônicos.

O júri salientou que no contexto da Internet cubana, Armonia é um projeto que visa a produção de conteúdos desde o âmbito educacional para responder aos desafios das comunidades rurais. Este comitê considerou como exemplares os esforços de Armonia para incorporar as tecnologias no âmbito escolar e rural a pesar das limitações conjunturais.

O Prêmio FRIDA para Mulheres em Tecnologia foi concedido à organização Coding Rights, uma agrupação de mulheres da América Latina com sede no Brasil.  Coding Rights foi distinguida por seu trabalho para promover um uso crítico das tecnologias digitais que contemple um entendimento sobre a coleta de dados e o consentimento desde a perspectiva dos usuários, especificamente mulheres e indivíduos LGBTTQI. Também irá receber US$ 5 mil em dinheiro e financiamento para participar do Fórum Mundial de Governança da Internet na Suíça. O júri afirmou que é uma organização que se destaca por ter uma visão muito clara de como integrar uma perspectiva de gênero em torno aos direitos digitais.

Por sua vez, um projeto para construir estações meteorológicas nas escolas e desenvolver uma plataforma web com dados meteorológicos abertos da Comissão Nacional das Telecomunicações da Dominica ganhou a chamada para o Subsídio FRIDA na categoria mais técnica do programa, Inovação para o Desenvolvimento da Internet. Esta plataforma, chamada Schools Internet of Things (IoT) Weather Monitoring Stations, aposta ao uso da Internet das Coisas para combater os desafios das mudanças climáticas e desastres naturais que enfrenta este estado insular no Caribe. Eles irão receber US$ 18.500 para desenvolver este projeto.

Para o júri de FRIDA, Schools Internet of Things (IoT) Weather Monitoring Stations é um projeto experimental e inovador que combina a Internet das Coisas com a formação de estudantes para dar resposta aos desafios das mudanças climáticas e à exposição a desastres naturais dos países do Caribe.

Desde 2004, FRIDA já tem distribuído mais de US$ 1.67 milhões de dólares entre mais de 120 iniciativas e projetos inovadores de 19 países da região, contribuindo a impulsionar o desenvolvimento da Internet na América Latina e o Caribe.

Top CHK_LACNIC