Geolocalização de IPs

O que é a geolocalização de IP?

A geolocalização baseada em endereços IP é uma técnica usada para estimar a localização geográfica de um dispositivo conectado à Internet usando o endereço IP do mesmo.  Este mecanismo depende de que o endereço IP do dispositivo apareça em um banco de dados com sua respectiva localização, endereço postal, cidade, país, região ou coordenadas geográficas, que são alguns dos níveis de detalhe que podem ser registrados.

Como obter informações de uma IP ou faixa de IP?

Todas as faixas IP designadas na região da América Latina e o Caribe são registradas no banco de dados de LACNIC e estão disponíveis para sua consulta através do serviço WHOIS. Por mais informações, clique no link a seguir: https://www.lacnic.net/1002/1/lacnic/whois 

Os dados que surgem do WHOIS correspondem aos dados de endereço declarados no contrato de serviços que cada organização que recebe recursos possui com LACNIC. Esses dados de cidade e país poderiam não coincidir com o local onde os recursos de numeração são realmente usados. 

Além dos dados do WHOIS, existem vários provedores comerciais de bancos de dados de geolocalização. LACNIC não é responsável pelo conteúdo desses bancos de dados.

Por que alguém gostaria de saber a localização de um endereço ou faixa IP?

Muitos sites ou serviços on-line precisam identificar o local em que estão localizados seus visitantes, tanto para poder exibir a web na sua língua, quanto para pré-carregar dados em um formulário on-line ou obter melhores resultados de pesquisa com base na localização.

Alguns sites que distribuem conteúdo multimídia precisam conhecer a localização de seus usuários para implementar restrições de acesso geográficas às que estão contratualmente obrigados com os proprietários dos direitos de emissão.

Em muitos dos casos também é importante para controlar o uso abusivo feito por certos usuários de serviços on-line, já que dessa forma, por exemplo, os sites de comércio eletrônico têm uma ferramenta para reduzir fraudes ou restringir o acesso a seus serviços a determinados países/regiões.

Política LAC-2018-3: Geolocalização IP

A partir da aprovação da política LAC-2018-3, LACNIC publica diariamente uma lista de todas as designações e subdesignações feitas na região da América Latina e o Caribe, incluindo, além disso, o país e a cidade da organização receptora desse recurso.

Esta publicação está disponível para download nos seguintes links:

Os arquivos publicados têm o seguinte formato:

  • aut-num: mostra o sistema autônomo designado
  • inetnum: mostra o bloco IPv4 designado junto com seu prefixo. Por exemplo, 123.234.123/24
  • inet6num: mostra o bloco IPv6 designado junto com seu prefixo. Por exemplo, 2801:1b8::/44
  • city: mostra a cidade da organização que recebeu o bloco
  • country: mostra o país da organização que recebeu o bloco
  • created: mostra a data em que o registro do bloco foi realizado
  • changed: mostra a data em que o registro foi alterado
  • status: mostra o tipo de designação IPv4 ou IPv6 realizada, pudendo encontrar algum dos quatro tipos de status:
    • allocated: designação direta feita por LACNIC para uma organização membro ISP (Internet Service Provider);
    • reallocated: subdesignação feita por uma organização membro ISP para seu cliente;
    • assigned: designação direta feita por LACNIC para um usuário final (bancos, governos, universidades);
    • reassigned: subdesignação feita por um usuário final para uma de suas filiais.

Para acessar outras informações sobre a política LAC-2018-3 clique no link a seguir: https://politicas.lacnic.net/politicas/detail/id/LAC-2018-3

Também pode encontrar este relatório em formato .csv acessando à seguinte liga: ftp://ftp.lacnic.net/lacnic/dbase/lacnic.db.csv.gz

É importante ressaltar que estas informações poderiam corresponder aos dados de cidade e país cadastrados no contrato de serviços que cada associado mantém com LACNIC ou o endereço do cliente declarado pelo associado. Os mesmos poderiam não coincidir com o local onde os recursos de IP estão sendo efetivamente usados.

Geofeeds

LACNIC desenvolveu um serviço de geolocalização dos endereços IP, que está inspirado no dralft do IETF Self-Published IP Geolocation Feeds. [ID:google-self-publisehd-geofeeds]

Na seção “Geolocalização” do MI LACNIC https://milacnic.lacnic.net/lacnic

Os administradores das organizações associadas ao LACNIC podem criar de forma voluntária a informação de localização geográfica de seus endereços IP.

De que forma as organizações associadas ao LACNIC podem contribuir?

A organização associada ao LACNIC que desejar contribuir com os dados de seus blocos IP, deverá proporcionar informação acerca de onde está usando os endereços da Internet (país, região e cidade).

Onde encontrar a informação?

Toda a informação declarada na nossa plataforma foi gerada por grande parte de nossos associados e está disponível publicamente no seguinte link: https://milacnic.lacnic.net/lacnic/geofeeds.
Desse link, qualquer pessoa interessada poderá baixar um arquivo em formato csv com todos os registros geofeeds do sistema.

Quais são as diferenças entre Geofeeds e as informações de WHOIS?

LACNIC publica as informações de registro de designações e subdesignações de IPs por diferentes meios: WHOIS port 43, Bulkwhois, RDAP, arquivo de delegações, arquivo dbase/lacnic.db.gz produto da política LAC-2018-3, entre outros. A partir desses locais, são fornecidas informações de contatos e organizações que têm endereços IP designados, em todos os casos, as informações geográficas (endereço, cidade, país) fornecidas por LACNIC poderiam corresponder aos dados da cidade e do país registrados no contrato de serviços que cada associado mantém com LACNIC ou o endereço do cliente declarado pelo associado. Os mesmos poderiam não coincidir com o local onde os recursos de IP estão sendo efetivamente usados.

Como o acesso a esse registro é público e gratuito, algumas organizações fazem a geolocalização IP com base nessas informações, devido à natureza dos dados, essa prática tem poucos níveis de certeza e gera problemas para os clientes, ISPs, provedores de conteúdo, etc.

A Geofeeds nasce como uma alternativa pública e gratuita onde os operadores da região podem declarar explicitamente onde estão usando endereços IP, podem dividir os blocos recebidos e indicar para cada um o local onde são usados, atingindo níveis de detalhe como: o país, a região e a cidade, tudo isso em uma ferramenta projetada para esse fim.

SYSTEM CERTIFICATION ISO 9001 SGS

CHK_LACNIC